terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Continuidade de Compromisso

“Em suma, nada deixou ocioso, pois entre todas as coisas que os homens não podem dispensar introduziu sempre algum aguilhão incitando os homens à virtude e fazendo-os odiar o vício; e encheu a cidade de belos e bons ensinamentos e exemplos, de forma que o homem assim educado, encontrando-os sempre diante dos olhos em qualquer parte onde se achasse, vinha por força moldar-se e formar no padrão de virtude”.

“Em suma, nada deixou ocioso, pois entre todas as coisas que os homens não podem dispensar introduziu sempre algum aguilhão incitando os homens à virtude e fazendo-os odiar o vício; e encheu a cidade de belos e bons ensinamentos e exemplos, de forma que o homem assim educado, encontrando-os sempre diante dos olhos em qualquer parte onde se achasse, vinha por força moldar-se e formar no padrão de virtude”.

Aqui fica a confirmação de que a sociedade espartana vivia em constante compromisso com a melhoria do homem em sociedade. Eram vigilantes em combatar a ociosidade e o vício, incentivando o homem a ser sempre melhor.

De: “A Vida dos Homens Ilustres” – Licurgo – Autor: Plutarco

Nenhum comentário:

Postar um comentário