terça-feira, 28 de agosto de 2012

O Físico Ideal

Uma das coisas que mais me chamou atenção de início no ideal espartano é a preocupação com a saúde, diferente de outras culturas. Força, saúde a agilidade são conhecidos valores dos espartanos da Grécia antiga e fazem também parte dos valores partilhados pelos atuais espartanos. Em outras culturas urbanas, aos aspectos relacionados ao corpo, existe antes uma preocupação estética maior antes da preocupação com a saúde. Analisando de uma forma mais aprofundada esse aspecto, vamos perceber que nem sempre as duas coisas andam juntas, o fato é que sempre se procuram o caminho mais curto para se alcançar certos ideais em detrimento do mais longo, quase sempre mais trabalhoso de se alcançar e manter. Dentro de um modo de vida comum entre alguns homossexuais, os excessos andam de mãos dadas com o que se entende por diversão: excesso no consumo de bebidas alcoólicas, drogas, aliados a uma alimentação deficiente e hábitos sedentários, diminuem em muito a qualidade de vida desses indivíduos reduzindo de forma significativa o tempo de envelhecimento.  Não dá pra pensar que se pode viver a vida como se vivem em uma festa, há horas que a vida nos exige seriedade principalmente quando o que nos afeta é a própria saúde.
Evidentemente que não pregamos aqui nenhuma espécie de ditadura da “boa forma”, porém é importante que tenhamos como valor pessoal a boa forma física e um corpo funcional por razões que transcendem simplesmente a vaidade e os jogos de conquista. Sabemos que a maioria dos espartanos tem certa independência da família e podem passar longo período de vida sozinhos, nem sempre podem contar com pessoas próximas para ajudá-los em momentos de debilidade física ou limitantes as tarefas do dia-a-dia, o fato de buscar manter a saúde é também buscar manter essa independência de terceiros para as tarefas rotineiras pelo tempo mais longo possível ao avançar da idade.
Rotinas de cuidado com a saúde, hábitos saudáveis, atividades físicas são valores que estão intimamente ligados a cultura espartana, mesmo por apelativos históricos. É valido lembrar que os guerreiros espartanos submetiam-se a duros treinamentos físicos desde a infância até a idade dos 60 anos. Corpo saudável deve ser uma característica espartana!
Bom, mas... Corpo saudável e forte não é sinônimo de corpo musculoso ou bombado, certo? Recorrer a recursos que podem afetar de forma significativa a saúde como o uso de asteróides anabolizantes, dietas fora de orientação médica para a perda de peso, uso de remédios por efeitos puramente estéticos não combinam com o ideal de força e saúde intrínseco a imagem do espartano. Um corpo normal e sadio é melhor que um corpo musculoso a beira de um colapso. O uso de substancias anabolizante, quando de maneira errada, pode desenvolver diversos problemas que vão desde aumento da pressão arterial, insuficiência renal a câncer.
O corpo antes da vestimenta, boa saúde antes da estética, corpo funcional antes de ideais de beleza.








Nenhum comentário:

Postar um comentário