segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Achievment - Realização

Extrato da parte da obra: ANDROPHILIA - Jack Donovan - http://recrutaespartano.blogspot.com.br/2012/12/sobre-androphilia-jack-donovam.html

Existe uma tendência na comunidade gay de sub-avaliar certos valores, questões como boa aparência, o que o indivíduo veste ou consome, esquecendo de avaliar da mesma forma sua conduta, seu realização como pessoa. De uma forma amplificada, o gay costuma supervalorizar a ostentação de luxo e poder deixando de lado os valores reais que um indivíduo pode ter, suas habilidades, qualidade como ser humano.

“Men judge each other base don their skills (what they can do) and on their achievement (what they have done)”.

"Os homens julgam uns aos outros de base vestem suas habilidades (o que eles podem fazer) n ando sua concretização (o que fizeram).”

O homem que valoriza seus compromissos também valoriza seu tempo, não despendo o mesmo com coisas fúteis. Utiliza seu tempo a construção de uma realidade melhor, com produtividade.

“Men who value accomplishment are more productive, and tend to become more accomplished whit time. If a man´s value rests entirely on his youthful good looks and his fashion sense, he´s pretty much guaranteed a lifelong decline in self-worth. Focusing solely on youth and beauty gives man nowhere to go but downhill; it gives them nothing to grow into but the stereotypical ´biter old queen´. Concerned members of the gay community often scold gays for being ´so focused on looks´, but I rarely hear them offer what homos should be focused on. I´ll offer thet they should be focused on doing something – anything – but wasting their time trying look like 21-year-old look …”

"Os homens que valorizam a realização são mais produtivos, e tendem a se tornarewm mais realizados com o tempo. Se o valor de um homem está inteiramente em suas aparência jovial e seu senso de moda, ele está praticamente garantido um declínio ao longo da vida e sua auto-estima. Focar exclusivamente na juventude e beleza dá ao homem um rumo, mas para baixo, não lhes dá nada que os promova o crescimento, mas o estereótipo `maricona velha e amarga´. Membros interessados ​​da comunidade gay muitas vezes repreendem os gays por serem "tão focados na aparência", mas eu raramente ouvi-os oferecer aos homos alternativa a que devem focar. Vou oferecer um,  devem ser focados em fazer alguma coisa - qualquer coisa - mas desperdiçam seu tempo quando tentam parecer como se tivesse  “21 um aninhos... "

É necessário criar nos indivíduos um senso de comprometimento com a propria vida, construir um histórico de vida a praticando coisas que lhe permitam ter reais motivos de orgulho ao longo da vida.

“One of the main reasons I wrote this manifesto, perhaps the primary reason, is that I see so much squandered potential in homosexual males. I see so many intelligent, talent, capable homosexual and bisexual male who are undisciplined, undermotivated and caught up in the superficial distractions the gay culture celebrates. Androphiles have an uncommon opportunity for personal achievement. While I strongly advocatea sense of personal responsibility among them, they´re likely to have fewer responsibilities than straight men who have families. They´re less tied down by financial and familial obligations, and they are freer to relocate and travel if they choose to do so…”

"Uma das principais razões que me motivou a escreveu este manifesto, talvez a principal é que eu vejo tanto potencial desperdiçado em homens homossexuais. Eu vejo muitos tão inteligentes, talentosos, homossexuais e bissexuais capazes, que são indisciplinados, desmotivados e preso nas distrações superficiais que a ultura gay celebra. Androphilos tem uma oportunidade incomum para a sua realização pessoal. Enquanto eu tento defender fortemente a responsabilidade pessoal entre eles, eles estão propensos a ter menos responsabilidades do que os homens heterossexuais que têm famílias. Eles estão menos amarrado por obrigações financeiras e familiares, e eles são mais livres para mudar e viajar, se optar por fazê-lo ... "



Um comentário: