quinta-feira, 29 de novembro de 2012

A Palavra do Mestre

Um valor entre guerreiros que sempre me foi muito caro e aquele que a aplica ao mestre. Entre aqueles que lutam artes marciais, a palavra e a idéia do mestre é algo muito próximo e compreensível, pois o mestre é aquele que tem a generosidade de dividir com seus pupilos, seus alunos, o conhecimento adquirido com anos de esforço, busca contínua, treino e aperfeiçoamento.
Durante o decorrer de nossas vidas encontramos diversos tipos de líderes, porém poucos mestres, pois este nem sempre está à frente a berrar, ele muitas vezes nos acompanha e nos guia ao aperfeiçoamento, de forma singela transmite sua idéia, não às impõe, nos induz a pensar. A reflexão faz a correção e o aperfeiçoamento do ser.
Entre escritores e escritos, tive alguns mestres que influenciaram minha forma de pensar e invariavelmente viver. Maximo Gorki, Jack Kerouack..., cada um desses, através de suas idéias impressas, seus escritos, chegou até mim em diferentes estágios da vida e deixaram uma marca profunda na maneira de entender a mim mesmo e a própria existência.
Entre nós, os Espartanos, há também um mestre, não um mestre religioso, nem um mestre de “artes marciais”, mas um mestre de “idéias”, chama-se Ricardo Liper.
Através de seus escritos é que tomei conhecimento pela primeira vez ao “ideário” espartano. Suas idéias, de forma muito bem fundamentadas, reafirmaram pensamentos e a certeza de que determinados pontos de vista eram compartilhados por outros indivíduos, brasileiros; que o fator da “homossexualidade” poderia ter um outro sentido em uma sociedade de “não programados” apartados dos padrões judaicos cristãos. Ricardo Liper fala em seus escritos sobre um novo homem a quem as neuroses dos “auto-preconceitos” ficam alheias pela certeza de sua normalidade, por saber que existe sobre isso uma tradição comprovada pela historia e que a união prazerosa entre dois homens é característica natural do ser humano.
De forma generosa, muitos de seus trabalhos, estão disponíveis nos sites. A leitura de seus escritos é importante para orientar o homossexual que busca conhecer mais sobre si mesmo e sua historia, esta que se aprofunda no tempo e vai muito além quando a sociedade via a união entre dois homens de forma natural, visão que nossa sociedade um dia há de resgatar.




Nenhum comentário:

Postar um comentário