domingo, 14 de setembro de 2014

A Fofoca

A fofoca é como a sarna, se espalha e empesteia todos os animais de uma manada.
Entre homens a fofoca é vista de forma repulsiva, a fofoca cheira mal.
O cara pode ter defeitos, pode até ser desonesto em determinadas situações mas, na sociedade de homens, o fofoqueiro é execrável!
O fofoqueiro é detestável porque seu mal atinge a todos, afeta as bases de um grupo, cria malefício até para quem esta distante.
O fofoqueiro é um dedo-duro em potencial, aquele que entrega o segredo de irmãos, que vende o companheiro a preço de banana, alguém que não tem palavra.
Muitas vezes vi como a fofoca entre homens é tratada, cada vez que o fofoqueiro entrava em cena as conversar eram modificadas, o clima ficava tenso e as pessoas se dispersavam.
Quando fofoca começava os menos discretos se levantavam e se retiravam, aos outros a conversa “desconversava” e logo só ficava mesmo, fofoqueiro com fofoqueiro e, pode apostar todo pentelho do seu saco, no próximo “role” esse cara não seria chamado.
Fofoca sempre foi tida como um atributo feminino, mas discordo, fofoca tem mais haver com fraqueza de caráter, coisa de quem faz da vida do outro observatório para as suas frustrações, como se fizesse da fofoca a bomba vingadora das coisas que tenta destruir no outro para que tudo se iguale a sua própria vida, vida sem acontecimentos, mal realizada...frustrante...
O homem fofoqueiro é fraco, doente de caráter, não-confiável. Se somos espartanos devemos ser guerreiros, e se somos guerreiros não podemos ser fracos, devemos combater em nós qualquer tipo de fraqueza! Vida longa, camaradas!


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário